Nosso Blog

Confira nossas novidades!

Veja outros Posts

5 motivos para fazer um curso de Outorga do Uso de Recursos Hídricos

5 motivos para fazer um curso de Outorga do Uso de Recursos Hídricos

Outorga do Uso de Recursos Hídricos é um assunto que, numa discussão sobre meio ambiente, em especial no Brasil, ocasionalmente irá aparecer. Abaixo, você confere 5 dos principais motivos para se capacitar em Outorga.

 

Primeiro, o que é Outorga e quando ela é aplicável?

Outorga é nada mais, nada menos que a autorização obtida por um individíduo, ou empreendimento, para usufruir de nosso mais valioso recurso natural, que é a água. Conforme a Lei das Águas (No 9.433) de 1997, que instituiu a Política Nacional de Recursos Hídricos (PNRH), é definido que a outorga de uso de recursos hídricos é um dos seus instrumentos.

A PNRH define prioridades para outorga, metas de racionalização e proposição de áreas sujeitas à restrição de uso. Tudo isso deve ser levado em conta quando se inicia um empreendimento que irá captar água para utilização.

A PNRH estabelece que qualquer empreendimento que capte água independentemente da rede de abastecimento de água do município (se houver), está sujeito ao procedimento de outorga do uso de água, não importando o volume captado, seja água superficial de ambiente lêntico ou lótico, seja de água subterrânea.

 

Por quê eu, como profissional ambiental, devo fazer um curso de Outorga do Uso de Recursos Hídricos?

1. Você pode ajudar a salvar o mundo

Sabemos que há um limite de água potável disponível hoje no mundo.

Já falamos aqui no blog antes sobre os 5 casos de escassez de água que tiveram o poder de mudar o curso da humanidade, em diferentes períodos históricos, e acreditamos que, no atual cenário, se não tomarmos cuidado e exercermos todo o nosso conhecimento enquanto profissioanis do meio ambiente, enfrentaremos cada vez mais crises hídricas.

Você pode colaborar diretamente nesta luta se capacitando e entendendo as leis relacionadas a recursos hídricos de seu estado, que estão intimamente atreladas à Outorga.

 

2. Temos poucas soluções para a crise hídrica global

Uma das soluções apresentadas para a crise hídrica não só brasileira, mas mundial, é a dessalinização. Infelizmente, apesar de ter seus benefícios, que explicamos em detalhe nesta outra matéria, o processo é extremamente caro e, no contexto do nosso país, inviável.

Com a dessalinização fora de campo, nós atualmente desperdiçamos, e continuaremos a desperdiçar, uma média de 38% da água que obtemos, um percentual extremamente preocupante. Ele pode, é claro, ser reduzido com uma melhor gestão dos Recursos Hídricos, e com o input de profissionais especializados em leis hídricas de seus próprios estados.

 

3. Outorga é um campo bem pouco explorado

Apesar de terem grande importância na gestão de nossos bens naturais, a Outorga ainda é muito pouco valorizada por estudantes e profissionais de meio ambiente. Recentemente, levantou-se o dado em Santa Catarina que, de 88 mil empreendimentos passíveis de outorga, apenas 13 mil haviam sido outorgados.

O que significa que ainda há um campo enorme a ser explorado por aqueles e aquelas dispostos a saírem de suas zonas de conforto e se capacitarem.

 

4. A remuneração é boa

Processos de Outorga geram, em média, uma renda de R$3.000, ou bem mais, dependendo do empreendimento. O que, para o profissional de meio ambiente, é a garantia de ainda mais compensação no fim do mês.  Sem mencionar, é claro, o desenvolvimento profissional e constante capacitação envolvidos.

Nesta postagem exclusiva sobre remunerações em Outorga, listamos quais as atribuições de profissionais de meio ambiente enquanto consultores, e por quê eles são indispensáveis.

 

5. Um profissional ambiental que não se interessa por Outorga é um profissional desatualizado

Como mencionamos acima, o profissional que tem em seu portfólio uma grande gama de serviços a oferecer tem maiores chances de captar projetos para complementar satisfatoriamente a sua renda. E entre os serviços de um consultor ambiental, a Outorga é um serviço que não pode faltar.

Temos a demanda mas, também, a falta de profissionais habilitados a auxiliar empreendimentos e indivíduos no processo. Se você é estranha, ou estranho, à Outorga, não só arrisca tornar-se um(a) profissional desatualizada ou desatualizado, mas também pode perder oportunidades únicas!

Ficou curioso e gostaria de saber mais sobre o tema? Conheça nosso curso online de Outorga do Uso de Recursos Hídricos, que te dará toda a segurança para atuar efetivamente em qualquer tipo de procedimento de outorga no estado de Minas Gerais.

Deixe seu Comentário

Você também pode se interessar

© Ibracam

by nerit