Nosso Blog

Confira nossas novidades!

Veja outros Posts

6 Opções no Mercado de Trabalho para Gestão Ambiental

6 Opções no Mercado de Trabalho para Gestão Ambiental

No país com a maior biodiversidade do mundo, os profissionais que são capazes de entender a sustentabilidade e solucionar problemas de degradação ambiental, são cada vez mais valorizados. Sendo assim, quem atua nessas áreas, encontra um mercado de trabalho cada vez mais promissor, por falta de especialistas e pelo aumento da preocupação com o meio ambiente.

Levando isso em conta, selecionamos as seis principais áreas de atuação no mercado de trabalho de um gestor ambiental.

Vamos à elas?

 

1. Consultoria Ambiental

Consultoria Ambiental 

Avalia danos ambientais que podem estar presentes em algum projeto ou empreendimento, por exemplo. Também elabora projetos de tratamento de efluentes, define planos de gerenciamento de resíduos e cuida de toda a documentação necessária para manter uma atividade ou empreendimento em dia com os órgãos ambientais e, consequentemente, com a legislação ambiental; 

 

2. Certificação e Auditoria

Auditoria Ambiental

O gestor ambiental também investiga as regiões, a qualidade de vida das pessoas, o que produzem, como produzem, os gastos e os ganhos. Descobre maneiras de como uma barragem, por exemplo, pode afetar a vida de uma pessoa. Esse especialista estuda as formas sustentáveis de usar a água, a terra e até mesmo de cuidar das florestas. 

 

3Educação Ambiental

  Educação Ambiental

Responsável pela conscientização a preservação do meio ambiente, é um componente essencial e deve ser permanente na educação básica; 

 

4. Planejamento ambiental

 Planejamento Ambiental

Conceito utilizado em diversas áreas para se referir a meios que visam atingir metas e objetivos ambientais, implantam projetos usando técnicas não poluentes;

 

5. Recuperação de áreas degradadas 

Recuperação de áreas degradadas

Planeja projetos para recuperação de áreas degradadas, reflorestamento, controle de processos erosivos, manejo e conservação ambiental.

 

6. Avaliação de impacto ambiental

O gestor ambiental também investiga as regiões, a qualidade de vida das pessoas, o que produzem, como produzem, os gastos e os ganhos. Descobre maneiras de como uma barragem, por exemplo, pode afetar a vida de uma pessoa. Esse especialista estuda as formas sustentáveis de usar a água, a terra e até mesmo de cuidar das florestas.

O curso de gestão ambiental de direção tecnológica tem em média duração de 2 anos, e o bacharelado tem duração de 4 anos. Em comparação ao curso de Engenharia Ambiental, por exemplo, é um curso mais superficial. No entanto, o gestor ambiental tem condições de realizar atividades com total capacidade técnica.

Com o aumento do “consumidor verde”, como são definidos os consumidores de produtos orgânicos, atitudes positivas contribuem com a economia do país, isto é, soluções pensadas na priorização do meio ambiente, geram um retorno lucrativo para as empresas. Com isso, é necessário um bom gestor ambiental que saiba fornecer ideias e práticas sustentáveis.

Os profissionais nessas áreas de atuação têm grandes perspectivas pela frente, já que cada vez mais a sociedade cobra cuidados com a preservação do meio ambiente, oferecendo assim, muitas oportunidades de trabalho em diversos setores privados (Tigre, Amanco, Holcim), públicos (CEMIG, SAAE, COPASA, Petrobras, DNIT) e também Organizações não governamentais (ONGs) ligadas ao meio ambiente.

E ai, gostou das opções mostradas nesse texto? Se interessou por alguma?

Lembre-se, estamos aqui para lhe ajudar SEMPRE!!!

Até a próxima.

Deixe seu Comentário

Você também pode se interessar

© Ibracam

by nerit