Nosso Blog

Confira nossas novidades!

Veja outros Posts

A Cidade da Dinamarca que tem ônibus 100% elétricos

A Cidade da Dinamarca que tem ônibus 100% elétricos

O município de Roskilde, na Dinamarca, além de ser famoso por ser casa de um dos maiores festivais de música pop do mundo - o Roskilde Festival - agora está famoso por outro motivo, um tanto quanto inusitado.

As linhas de ônibus municipais serão, a partir deste ano, inteiramente elétricas!

Com veículos importados da China, e já prontos para serem enviados, segundo a mídia local TV2 Lorry, a medida promete revolucionar a forma que não só a cidade, mas o país, trata as questões ambientais:

"Estou muito satisfeita com a decisão de que todos os ônibus funcionem com eletricidade e possam contribuir para conter as mudanças climáticas", afirma Joy Mogensen, prefeita. "Alguém deveria assumir a liderança na transição para o transporte público verde e fico feliz que pudemos fazer isso aqui em Roskilde."

A cidade, apesar de pequena, já sofre com os efeitos trágicos das mudanças climáticas, tendo sido vítima de inúmeras inundações nos últimos anos.

Segundo Karim Friis Arfaoui, presidente do Comitê de Clima e Meio Ambiente do município, os veículos não emitirão CO2 por terem motores elétricos, o que significa que o município reduzirá emissões de 1.400 toneladas de gás carbono anualmente.

Outro ponto positivo é que, por serem veículos mais leves, eles auxiliarão na redução da poluição sonora.

A responsável pela inovação é a Umove East, empresa parceira da prefeitura da cidade e está responsável pela transição.

O CEO da Umove, Johnny B. Hansen, afirma que os ônibus em Roskilde virão da chinesa Yutong, maior fabricante de frotas de ônibus do mundo e que, inclusive, já tem anos de experiência com ônibus elétricos.

A Dinamarca é um dos principais destinos de turismo da Europa Continental e, assumindo a responsabilidade por um transporte mais sustentável, está dando o exemplo para as nações vizinhas, que também visam reduzir suas emissões de CO2 como parte do Acordo de Paris assinado em 2015.

Deixe seu Comentário

Você também pode se interessar

© Ibracam

by nerit