Nosso Blog

Confira nossas novidades!

Veja outros Posts

A demanda global por soja extinguirá o Cerrado, importante bioma brasileiro

A demanda global por soja extinguirá o Cerrado, importante bioma brasileiro

Indispensável bioma brasileiro, o Cerrado tem uma característica vegetação densa de arbustos e gramíneas, com árvores baixas e tortuosas.

Do espanhol 'fechado', o termo tem múltiplos sentidos: além de indicar uma 'mata cerrada', ele qualifica estruturas e flores particulares, o que remete às condições únicas, e ainda assim diversas, da região.

De acordo com dados do Ministério do Meio Ambiente (MMA), ele ocupa uma área de 2.036.448 km², cerca de 22% do território nacional e a área equivalente a toda a Europa Ocidental.

Cobrindo os estados brasileiros de Goiás, Tocantins, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Bahia, Maranhão, Piauí, Rondônia, Paraná, São Paulo e Distrito Federal, além de porções consideráveis no Amapá, Roraima e Amazonas, o bioma detém três das maiores bacias hidrográficas do continente: as Bacias Amazônica, do São Francisco e do Prata, o que exemplifica seu impacto ambiental e importância tanto nacional como mundial.

No entanto, alertas do Worldwide Fund for Nature (WWF), traduzido livremente como Fundo Internacional da Natureza, dizem que o Cerrado tem sido queimado e extinguido a uma velocidade assombrosa, com o desmatamento devendo-se, principalmente, à demanda global por soja, que, no local, cresce rapidamente e em abundância.

 

6 fatos realmente assustadores sobre o atual estado do Meio Ambiente

 

O material geralmente é exportado para alimentar animais de corte, que, por sua vez, já fazem parte de uma cadeia alimentar que prejudica o meio ambiente, tais como porcos e galinhas.

Ainda segundo o WWF, uma área do tamanho da Grande Londres (capital do Reino Unido) desapareceu a cada dois meses entre 2013 e 2015, elegendo o Cerrado ao posto de um dos ecossistemas mais ameaçados do planeta e o mais ameaçado do Brasil.

Em documentário da BBC, a repórter Adina Campbell explorou uma área que encontrava-se em chamas, e até mesmo conversou com uma família nativa que havia sido expulsada de sua casa, em prol do agronegócio e seus lucros:

Recentemente, o novo Presidente eleito Jair Bolsonaro considerou unificar os Ministérios do Meio Ambiente e Agricultura, o que causou grande repúdio internacional, uma vez que as duas áreas não comunicam-se e os resultados seriam catastróficos para a natureza.

O Cerrado abriga, atualmente, cerca de 11 mil plantas nativas, sendo que 4.400 são endêmicas (exclusivas) da área, 199 espécies de mamíferos e 837 espécies de aves. Na categoria de peixes, são 1200 diferentes; répteis, 180, com 28% de espécies endêmicas, e 150 espécies de anfíbios (17% endêmicas).

 

 

Além disso, costuma ser refúgio de 13% das borboletas, 35% das abelhas e 23% dos cupins dos trópicos.

Apesar de sua importância, dentre os biomas brasileiros, o Cerrado é o que possui a menor porcentagem de áreas protegidas, com apenas míseros 8,21% de seu território legalmente protegido por unidades de conservação.

Deixe seu Comentário

Você também pode se interessar

© Ibracam

by nerit