Nosso Blog

Confira nossas novidades!

Veja outros Posts

Ativistas britânicos estão dispostos a ser presos na luta pelo Meio Ambiente

Ativistas britânicos estão dispostos a ser presos na luta pelo Meio Ambiente

Um novo grupo de cidadãos preocupados com o meio ambiente está planejando uma campanha de desobediência civil, que começará no próximo mês e promete ter, entre seus apoiadores, centenas de pessoas, desde adolescentes até pensionistas.

Os ativistas, que são britânicos, dizem estar dispostos até mesmo a ir presos na luta pelo o que acreditam. Auto-denominados Extinction Rebellion, ou 'Revolução da Extinção', em tradução livre, eles têm o apoio de quase 100 acadêmicos respeitados ao redor do Reino Unido, incluindo o ex-arquibispo de Canterbury, Rowan Williams.

Em carta publicada no The Guardian, eles afirmam que políticos têm falhado em lidar com o problema ambiental, e os níveis alarmantes de mudanças climáticas e extinção de espécimes significa que o 'contrato social', como o chamam, foi quebrado.

'É não só nosso direito, mas conduta moral perpassar a inércia do governo e seu não cumprimento de tarefas, e rebelar-nos para defender a vida', lê-se no manifesto.

Até então, cerca de 500 pessoas dispuseram-se a ser encarceradas, e agora planejam incluir várias zonas de Londres em uma manifestação pacífica no próximo mês, culminando com uma barricada de civis sentados à frente da Praça do Parlamento no dia 17 de novembro.

Roger Hallam, um dos fundadores, disse que o objetivo é pressionar o governo para reduzir as emissões de carbono para zero até 2025.

'O planeta está em crise ecológica - estamos no meio da sexta extinção em massa que este planeta experienciou', disse ele. 'Crianças vivas hoje no Reino Unido já vivenciam as terríveis consequências da inação do governo, de enchentes a incêndios (...) Nós temos uma grande responsabilidade em mãos.'

 

Leia também:

Deixe seu Comentário

Você também pode se interessar

© Ibracam

by nerit