Nosso Blog

Confira nossas novidades!

Veja outros Posts

Bolsonaro anuncia instalação de placas solares ao longo do São Francisco

Bolsonaro anuncia instalação de placas solares ao longo do São Francisco

O Governo Federal tem considerado instalar placas solares ao longo da extensão dos canais de integração do Rio São Francisco, de forma que a energia solar produzida possa ser utilizada no bombeamento de água.

A informação é do próprio Presidente Jair Bolsonaro, em mensagem divulgada ontem (24) em sua conta no Twitter.

De acordo com o Ministério do Desenvolvimento Regional, a demanda anual nas fases pré-operacional e operacional do projeto está em torno de 746 mil MW, com o consumo de energia elétrica do sistema correspondendo a cerca de 80% dos custos da operação do empreendimento.

De acordo com estimativas, só uma planta fotovoltaica de 1 megawatt pode economizar nove milhões de litros de água por ano, e a instalação de placas sobre o espelho d'água possilita que a evaporação seja reduzida, uma vez que os painéis solares montados em canais bloqueiam a radiação solar.

Além disso, os painéis solares ainda ocasionam na minimização do crescimento de algas, especialmente na ausência de luz solar, ajudando no custo de manutenção e aumentando a vida útil dos equipamentos.

'O Ministério de Desenvolvimento Regional divulga que o Projeto de Integração do São Francisco está em fase conclusiva de obras, como visto em tweets anteriores', Bolsonaro comenta no Twitter. 'Complementamos que Eixo Norte está em reparação, e a expectativa é de que os trabalhos sejam finalizados até maio.'

Como o Presidente reitera, o Ministério do Desenvolvimento Regional informou que o Eixo Norte está com 97% de avanço, com serviços concentrados no dique Negreiros, em Salgueiro (PE) e que o trabalho será verdadeiramente concluído em maio.

Por outro lado, o Eixo Leste, entregue em março de 2017, já vem garantindo o abastecimento regular de mais de 1 milhão de pessoas em 35 municípios dos estados Paraíba e Pernambuco. Só esta semana, o governo liberou outros R$82 milhões para obras da Adutora do Agreste, localizada no sertão pernambucano, visando expandir o abastecimento da região.

A adutora leva águas do Eixo Leste para sete cidades e, até junho, abastecerá mais três municípios de Pernambuco. Ao todo, a primeira fase da obra atenderá mais de um milhão de pessoas em 23 cidades diferentes.

Deixe seu Comentário

Você também pode se interessar

© Ibracam

by nerit