Nosso Blog

Confira nossas novidades!

Veja outros Posts

Cidade do Paraná pretende zerar contas de luz produzindo Biogás

Cidade do Paraná pretende zerar contas de luz produzindo Biogás

Em breve, o município Entre Rios do Oeste, no estado do Paraná, transformará a (grande) geração de dejeitos animais do local em produção de energia elétrica por meio do biogás.

Apesar de contar com apenas 4.2 mil habitantes, a cidade tem uma população de suínos estimada em 245 mil, e de aves em 390 mil, e o que antes era um passivo ambiental preocupante - a sujeira produzida por tais animais - se transformará em bem coletivo.

Com a energia gerada pelos dejetos, a cidade almeja 'zerar' as contas de energia dos órgãos municipais e da iluminação pública por meio de biogás. No início, 17 propriedades serão responsáveis pela produção, e, para isto, elas serão interligadas via um gasoduto, que contará com cerca de 22 quilômetros de extensão.

O investimento, de R$17 milhões, origina de recursos de P&D aprovados pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). O projeto envolve o PTI, ou Parque Tecnológico Itaipu, a Prefeitura de Entre Rios do Oeste e, também, o Centro Internacional de Energias Renováveis - Biogás (CIBiogás) [com financiamento da Copel]:

'No início muitas pessoas duvidavam da eficácia do projeto, mas com o passar do tempo esses produtores começaram a dar depoimentos sobre os benefícios financeiros e ambientais que isso trazia' - diz Rejane Vogt Anderle, assessora pedagógica e gestora de Educação Ambiental pela Rede de Educação Ambiental da Itaipu.

Sem mencionar benefícios ambientais, o projeto porporcionará renda extra aos produtores, que serão capazes de comercializar o biofertilizante resultante do processo.

Deixe seu Comentário

Você também pode se interessar

© Ibracam

by nerit