Nosso Blog

Confira nossas novidades!

Veja outros Posts

Dallas, no Texas, planta árvores para livrar estudantes de Ilhas de Calor

Dallas, no Texas, planta árvores para livrar estudantes de Ilhas de Calor

O que são, afinal, Ilhas Urbanas de Calor?

As Ilhas Urbanas de Calor (IUC) são trechos urbanos ou metropolitanos significantemente mais quentes que as áreas rurais, fator influenciado por atividades humanas. A temperatura geralmente é mais quente durante a noite que o dia, e mais severa quando os ventos são fracos.

Mais notórias durante as temporadas de verão e inverno, a principal causa do fenômeno é a modificação das superfícies da terra, privando o meio ambiente de suas plantações nativas em prol de construções humanas, o que resulta, diretamente, na falta de resfriamento natural.

O que exatamente a Prefeitura de Dallas, nos EUA, tem feito?

A falta de espaços verdes, o excesso de concreto e a poluição exacerbada são a combinação perfeita para a formação de ilhas de calor nas capitais modernas.

Em Dallas, cidade no estado do Texas, ao sul dos Estados Unidos, a solução para o problema foi simples: plantação de mais árvores!

Antes do projeto ser iniciado e expandido, no entanto, foram mapeadas quais partes de Dallas eram mais afetadas pelo efeito, sendo que o bairro de Oak Cliff foi o primeiro selecionado, uma vez que é uma das áreas menos favorecidas no quesito vegetação.

Quem mais está envolvido no projeto?

O plantio coletivo foi organizado com ajuda da The Nature Conservancy, além dos órgãos Trust for Public Land e Texas Trees Foundation. Batizando, em livre tradução para o português, de 'Oak Cliff Resfriado e Conectado', a iniciativa plantou, até o momento, 500 árvores na cidade com a ajuda de voluntários, incluindo estudantes e membros de igrejas locais.

O projeto é concentrado, estrategicamente, em efetivar plantios em áreas centrais do bairro. Mas por quê?

Simples! É onde há maior concentração de estudantes e rotas utilizadas pelos mesmos para chegar a suas escolas. Adicionalmente, ali também transitam moradores comuns para realizar suas atividades cotidianas.

 

O Texas já é um dos estados mais quentes do país

O estado norte-americano é um daqueles que mais sofre com índices de seca e desertificação no país. Dallas, por sua vez, possui a terceira ilha de calor urbana que mais cresce nos EUA, ocupando o 13º lugar entre as 25 cidades mais poluídas por ozônio, de acordo com a American Lung Association (Associação Americana do Pulmão).

E pior! A metrópole tem uma das maiores taxas de internação por asma infantil no estado:

“Dallas está cada vez mais quente, com temperaturas no verão regularmente acima de 30°C”, atesta Janette Monear, Presidente e CEO da Texas Trees Foundation. “Nossa pesquisa revela que as árvores e os espaços verdes são três vezes mais eficazes do que outras estratégias para mitigar a crescente ilha de calor em Dallas. Podemos limpar e resfriar nosso ar consideravelmente plantando estrategicamente árvores por toda a cidade”.

Para a Nature Conservancy, as árvores plantadas resultarão num lucro de $2.9 milhões de dólares em benefícios ao longo de 40 anos.

É esperado, também, que 248 toneladas de poluição por CO2 sejam removidas do ar, além de 4 milhões de galões de água de chuva que possivelmente serão interceptados durante a vida das árvores; que poderão, por sua vez, limpar e resfriar o ar com maior efetividade.

Deixe seu Comentário

Você também pode se interessar

© Ibracam

by nerit