Nosso Blog

Confira nossas novidades!

Veja outros Posts

'Earth Song', hit de Michael Jackson em homenagem à Terra, completa 23 anos

'Earth Song', hit de Michael Jackson em homenagem à Terra, completa 23 anos

Lendário.

Um dos poucos hits mainstream a tratar de questões ambientais como tema principal, Earth Song de Michael Jackson completou no último dia 27 de novembro 23 anos de lançamento.

Inclusa em seu nono álbum de estúdio solo, HIStory: Past, Present and Future, Book I, a faixa serviu como terceiro single - ou música de trabalho - do disco.

Uma balada que incorpora elementos do blues, da música gospel e até mesmo da ópera, ela segue os passos de canções anteriores de Jackson que tratavam de coletividade, como We Are the World, Man in the Mirror e Heal the World.

No entanto, esta destacou-se por ser a primeira a discutir diretamente o meio ambiente e a biodiversidade.

De onde saiu a ideia?

Embora muitos não saibam, Earth Song seria inicialmente inclusa no então último álbum de Jackson, Dangerous, mas não foi mixada a tempo e acabou sendo deixada para este.

Escrita e produzida pelo próprio Michael, em parceria com os conceituados David Foster e Bill Bottrell, a canção chama nossa atenção para o que estamos fazendo com o Planeta Terra, com todas as nossas guerras sem sentido, desmatamento e a não-valorização da vida.

Como é de praxe, o single foi acompanhado de um videoclipe filmado em quatro regiões geográficas.

Além de contar com o Rei do Pop atuando, a produção centrou-se na destruição e renascimento da Terra, e até mesmo recebeu uma indicação ao Grammy em 1997.

Como a música se saiu ao redor do mundo?

Comercialmente, o single disparou para o primeiro lugar das paradas de sucesso no Reino Unido, sendo o mais vendido do Natal aquele ano no país: mais de 1 milhão e 210 mil cópias foram vendidas na terra da Rainha, garantindo a Jackson ao menos quatro discos de platinas.

Com a canção, ele também atingiu o topo na Alemanha, Islândia, Itália, Espanha, Suíça e Suécia, além de ocupar a vice-liderança nas paradas da França, Irlanda e Países Baixos.

Apesar do sucesso estrondoso em todo o mundo, a faixa nunca foi comercializada nos Estados Unidos, terra-natal de Jackson; logo, não apareceu em qualquer chart por lá.

No entanto, Jackson recebeu o reconhecimento de diversas organizações em prol da vida animal e do meio ambiente.

Incidente

O artista também foi convidado, durante o Brit Awards em Londres (1996) para performar o sucesso, mas como sempre, ele não escapou a uma boa polêmica.

A apresentação contou com ele cantando em uma plataforma alta, além de inúmeros dançarinos e coral. Tudo corria perfeitamente bem, até o também artista Jarvis Cocker, outro convidado da noite, invadir o palco sem permissão.

Cocker levantou sua blusa e fingiu soltar flatulências, num claro gesto de desrespeito a Jackson, antes de fazer gestos obscenos com a mão.

Para o músico, o comportamento foi 'justificável', já que Jackson estava retratando-se, ao vivo, enquanto Jesus Cristo, o que, para Cocker, era 'desrespeitoso'. Isto não impediu que a noite ficasse marcada, para sempre nos anais do evento, como uma das mais memoráveis desde seu início.

Reconhecimento Ambiental

Em 1995, Jackson recebeu o Prêmio Genesis, presenteado anualmente a personalidades da mídia que são sensíveis às questões ambientais.

Em 2008, um documento oficial da Nigéria também reconheceu Earth Song como um dos marcos populares mais relevantes da História, simplesmente por ter chamado atenção para a degradação do nosso planeta devido às várias atividades humanas nocivas.

Hoje a faixa ainda é vista como uma das mais marcantes da carreira do cantor. Relembre o videoclipe:

Deixe seu Comentário

Você também pode se interessar

© Ibracam

by nerit