Nosso Blog

Confira nossas novidades!

Veja outros Posts

Escolas públicas aumentarão Cardápios Vegetarianos em 2019

Escolas públicas aumentarão Cardápios Vegetarianos em 2019

A incidênica de proteínas vegetais nas merendas da Rede Municipal de Ensino ganhará ainda mais opções a partir de 2019.

Na última segunda-feira (17), a Secretaria Municipal de Educação (SME) lançou o projeto Cardápio Escolar Sustentável, cujo objetivo é alinhar ainda mais o programa de alimentação escolar com o tema desenvolvimento sustentável, como previsto no currículo da cidade de São Paulo.

Além de valorizar a alimentação escolar educativa e sustentável, a ação diversifica as opções à base de vegetais nas refeições da rede.

O projeto é em parceria com a Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB), e promete mudar o futuro das próximas gerações.

As novas receitas têm sido desenvolvidas pela chef Bela Gil e culinaristas da SVB, com o objetivo de serem replicadas na alimentação escolar do município. Para capacitar os outros cozinheiros e auxilares de cozinha, serão oferecidas oficinas ainda em 2018 para 160 funcionários de Centros de Educação Infanitl (CEIs), parceiros das 13 Diretorias Regionais de Educação (DREs):

'Fico muito, de uma forma ou de outra, de ter contribuído com esse projeto com receitas deliciosas', conta Bela Gil. 'É muito importante que essa dedicação e esse carinho que as merendeiras têm pelo alimento e pelas crianças. Sem elas, a gente não teria conseguido fazer nada disso.'

O projeto é bem similar à proposta Segunda Sem Carne, lançada em 2009 também pela SVB, que visa reduzir o consumo de carne e, consequentemente, os impactos negativos da produção em massa de gado de corte no meio ambiente.

Neste outro projeto, no lugar da carne, as pessoas são incentivadas a trocar a proteína animal pela vegetal.

Para Alexandre Schneider, Secretário Municipal de Educação, tal política, somada à ampliação da aquisição de orgânicos e de gêneros da agricultura familiar, como frutas e hortaliças, 'promove a alimentação saudável, apoia pequenos produtores e preserva o meio ambiente.'

O objetivo do Cardápio Escola Sustentável, por outro lado, é ampliar a oferta de leguminosas como prato principal das refeições, tais ocmo grão de bico, feijão preto, ervilha e lentilha.

Dentro das 3,2 mil escolas municipais de São Paulo, são servidas diariamente 2,2 milhões de refeições para, aproximadamente, um milhão de bebês, crianças e jovens.

Inúmeros estudos têm comprovado que políticas que influenciam a redução do consumo de proteína animal representa uma das mais rápidas, baratas e eficazes maneiras de alcançar vários dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentavél (ODS) da ONU até 2030.

Recentemente, o estado também viu um aumento na preocupação com as questões climáticas, como a criação de jardins de chuva para combater ilhas de calor, dentre outras medidas legais.

Deixe seu Comentário

Você também pode se interessar

© Ibracam

by nerit