Nosso Blog

Confira nossas novidades!

Veja outros Posts

Hastes flexíveis (cotonetes) são proibidas em toda a Itália

Hastes flexíveis (cotonetes) são proibidas em toda a Itália

Buscando reduzir em grande quantidade a poluição plástica que chega aos oscenaos, a União Europeia proibiu, ano passado, alguns plásticos descartáveis, dentre eles as hastes flexíveis.

Ou, como popularmente conhecidas no Brasil, os "cotonetes", utensílios que utilizamos para higienizar nossos ouvidos.

Valendo a partir de 2021, a lei proibirá a fabricação e venda das hastes em toda a zona da União, que compreende, atualmente, 27 países.

No entanto, na Itália, o processo já foi adiantado!

Desde o dia 1 de janeiro deste ano, proibiu-se a produção e comercialização do material no país. Adicionalmente, caso vendidas, as hastes devem conter informações claras sobre a forma de descarte correta.

Atualmente, a maioria das pessoas descarta o material via vasos sanitários, que os levam indiretamente ao oceano.

O descarte incorreto destes plásticos causa danos ao meio ambiente e ameaçam gravemente a vida marinha.

Mas e como fica a higienização humana, você deve estar se perguntando?

Novas hastes poderão ser fabricadas, desde que biodegradáveis e sustentáveis, como hastes feitas de papel, por exemplo.

Algumas empresas já estão, inclusive, investindo na reformulação de seus meios de produção, desde as pequenas, até as grande porte. A marca Johnson & Johnson é uma, já tendo lançado sua versão ecológica há dois anos.

No país, além dos cotonetes, também estão proibidos o uso de microplásticos em cosméticos a partir de 2020.

Com relação à União Europeia, dentre outros utensílios proibidos estão canudinhos, pratos e talheres descartáveis. Além disso, todos os Estados membros serão obrigados a reciclar 90% de suas garrafas de plástico.

Estima-se que, hoje, sejam reciclados só 1/4 das 25 milhões de toneladas de plástico que todos produzem em conjunto por ano.

Deixe seu Comentário

Você também pode se interessar

© Ibracam

by nerit