Nosso Blog

Confira nossas novidades!

Veja outros Posts

Média da vazão semanal do Xingó aumenta para 800 m³/s

Média da vazão semanal do Xingó aumenta para 800 m³/s

Para aqueles que não sabiam, desde o dia 9 de abril o reservatório de Xingó (Alagoas - Sergipe), alocado no Rio São Francisco, aumentou sua defluência para 800m³/s.

O valor é a estimativa média semanal, que antes não passava dos 750m³/s. Os dados são compiladospela CHESF - Companhia Hidro Elétrica do São Francisco. A elevação foi acordada através da reunião da Sala de Crise do Rio São Francisco, realizada um dia antes (08-04).

A decisão foi ainda influenciada pela redução da geração de energia eólica no subsistema Nordeste, o que, de acordo com o ONS (ou Operador Nacional do Sistema Elétrico), teve março e abril como os piores meses em rankings de geração eólica.

Além disso, a medida considera a melhora das condições de armazenamento de água da bacia hidrógrafica do São Francisco.

Para se ter uma ideia, no dia 7 de abril, o Reservatório Equivalente da Bacia, que é formado pelos reservatórios de Três Marias (MG), Sobradinho (BA) e Itaparica (BA/PE), tinha 52.04% de seu volume útil, quando, um ano antes, o total acumulado era de 36.79%.

Desde 2012, a bacia do São Francisco, ou Velho Chico, como é conhecido por locais, teve o maior período contínuo do fenômeno registrado na região.

Desde abril de 2013, os reservatórios de Sobradinho e Xingó têm operado com uma defluência mínima abaixo de 1300³/s, devido às chuvas e afluências abaixo da média na região, apesar de operarem, até então, em situação de normalidade.

A primeira autorização para a prática da vazão mínima defluente de 550 m³/s nas barragens de Sobradinho, na Bahia, e Xingó foi estabelecida pela Agência Nacional de Águas - ANA, através da Resolução ANA nº 1.291, de 17 de julho de 2017, e posteriormente prorrogada pelas resoluções nº 1.943/2017, nº 30/2018, nº 51/2018, nº90/2018 e, por fim, nº 19/2019.

Esta última ainda autorizou vazão mínima defluente até 30 de abril deste ano.

Para ler mais sobre, acesse o site da ANA e confira a nota oficial.

Deixe seu Comentário

Você também pode se interessar

© Ibracam

by nerit