Nosso Blog

Confira nossas novidades!

Veja outros Posts

Morre Paulo Nogueira-Neto, o mais importante ambientalista brasileiro

Morre Paulo Nogueira-Neto, o mais importante ambientalista brasileiro

Nesta última segunda (25) veio a óbito o ecólogo e professor Paulo Nogueira-Neto.

Nascido no bairro de Higienópois, em São Paulo (1922), Nogueira-Neto era considerado patrono do ambientalismo no Brasil, e um dos fundadores do que viria a se tornar o Ministério do Meio Ambiente.

Em 1973, durante a Ditadura Militar, ele participou da criação da Secretaria do Meio Ambiente, então vinculada ao Ministério do Interior. Foi convidado, também, por Henrique Brandão Cavalcanti para ser secretário. No ano seguinte, iniciou o planejamento de estações ecológicas, uma espécie de área protegida destinada exclusivamente à conservação e pesquisa.

Em mais de quatro décadas dedicadas à conservação, Nogueira-Neto elaborou a lei da Política Nacional de Meio Ambiente (1981), que foi a bedrock da legislação ambiental brasileira. Foi também membro da Comissão Brundtland, que apresentou a ideia de desenvolvimento sustentável em 1987, em meio à intensificação das crises climáticas.

Falecido aos 96 anos, o ecólogo e professor está sendo homenageado por diversas organizações e institutos, dentre eles o Observatório do Clima:

'O Observatório do Clima lamenta profundamente a morte do ecólogo Paulo Nogueira-Neto, aos 96 anos. PNN, como era conhecido, era o mais importante ambientalista brasileiro.'

Outras figuras a se manifestarem são Ricardo Salles, atual Ministro do Meio Ambiente, e as ex-ministras da mesma pasta, Marina Silva e Isabella Teixeira:

'Hoje foi um dia trágico para o movimento ambientalista brasileiro', comentou Marina no Twitter. 'Perdemos o professor Paulo-Nogueira Netto, um ícone do ambientalismo do país (...)'

Ainda não se sabe, oficialmente, o motivo da morte, mas este pode ser atribuído à idade elevada do ambientalista.

Deixe seu Comentário

Você também pode se interessar

© Ibracam

by nerit