Nosso Blog

Confira nossas novidades!

Veja outros Posts

Tudo o que você precisa saber sobre poços artesianos

Tudo o que você precisa saber sobre poços artesianos

O poço artesiano é perfurado com o objetivo de captar a água que se encontra nos lençóis freáticos e nos aquíferos. Essa água armazenada no subsolo, está infiltrada em rochas e sedimentos, em grande profundidade ou se encontra no lençol freático, próximo à superfície. Em geral, é uma água com melhor qualidade física, química e biológica, protegida da contaminação humana, não sendo necessário tratamento para o consumo, embora seja recomendado.

Diferença entre poços artesianos e semi artesianos

O poço artesiano é aquele que jorra água espontaneamente, diferente dos semi-artesianos que necessita de equipamentos de bombeamento para que a água seja retirada. Além de ser mais profundo, tem vazão de água até mil vezes superior. Necessita de uma área de 7 metros de largura por 25 metros de comprimento para ser perfurado.

A maioria dos poços são semi artesianos, tem profundidade menor e não são jorrantes, precisam de uma bomba submersa, que tem uma enorme eficiência e é instalada dentro da lâmina de água do poço.

Confira na imagem abaixo uma representação das diversas formas de poços.

Descrição poço artesiano e semi artesiano

Fonte

Tipos de máquinas e perfuração

Um poço artesiano deve ser perfurado por máquinas de empresas especializadas e cadastradas no Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (CREA), com atestado de capacidade técnica também certificado pelo CREA. As máquinas usadas são sondas perfuratrizes que podem ser rotativas, que são mais mais adequadas para perfuração em sedimentos, ou as percussoras que são ideais para perfuração em qualquer tipo de formação geológica.

Tempo e validade

O tempo de perfuração de um poço depende das dimensões e do tipo de geologia encontrado na área da obra. Um poço perfurado em área cujo subsolo é composto de sedimentos demora mais do que aquele perfurado em zona de rocha, portanto varia de 5 a 20 dias e o prazo de validade de um poço costuma ser de 40 anos de vida útil.

Investimento

O custo de perfuração de um poço artesiano é alto, trazendo, porém, compensações a longo prazo. Os valores variam em uma média de R$3.000 a R$7.000.

Higiene

Após perfurado o poço, deve ser revestido com tubos de aço que isolam a obra da camada superficial e evitam o desmoronamento e alguma possível contaminação.

Depois, é feito a cimentação e a laje de proteção sanitária para perfeito isolamento. São feitos testes de verificação de vazão do poço e é também quando será coletada uma amostra de água para análise. São aplicados filtros e pré filtros antes da bomba.

Outorga

Em alguns estados, assim como Minas Gerais, é exigida a Outorga de Direito de Uso da água, esse documento é fornecido pelo órgão estadual gestor do recurso hídrico e tem a validade pré determinada, mas pode ser renovada após seu vencimento. Em Minas Gerais, é necessário fazer um pedido de perfuração do poço, no mesmo órgão onde também será realizado o pedido de Outorga do Uso de Água Subterrânea, o IGAM (Instituto Mineiro de Gestão das Águas).

Vantagens de construir um poço artesiano

As obras de perfuração de poços têm curto período de duração, comparado às outras formas de captação de água. O abastecimento de água é mais vantajoso para condomínios e outros aglomerados de pessoas.

O impacto ambiental causado através da construção de poços artesianos é bem menor do que a das demais Estações de Tratamento de Esgoto. O abastecimento de água subterrânea é, portanto, um excelente negócio, por ser limpa, de fácil acesso e se caracteriza por um bom investimento a longo prazo.


Se interessou por poços artesianos? Veja o que pode te interessar também:

Lista Completa dos órgãos que gerem a Outorga de Água em MG
Como ganhar uma renda extra com a Outorga de água
Principais tópicos da legislação estadual da Outorga de água em MG
Porque a Outorga de água é essencial para o consultor ambiental
Conheça a nova DN COPAM 217/2017

Deixe seu Comentário

Você também pode se interessar

© Ibracam

by nerit