Nosso Blog

Confira nossas novidades!

Veja outros Posts

Unicamp economiza 247 mil em gastos anuais com Energia Solar

Unicamp economiza 247 mil em gastos anuais com Energia Solar

O CPFL Energia, um grupo privado do setor elétrico, e a Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) entregaram no último dia 11-04 a primeira fase do projeto Campus Sustentável.

Parceria entre a empresa e a Universidade, o projeto trará uma redução anual de mil megawatts (mWh) por hora no consumo de energia elétrica; o que, em gastos, se traduz em menos R$ 247 mil em gastos da instituição com a conta de luz.

Executado pelo Programa de Eficiência Energética da CPFL Paulista, a distribuidora do grupo que, concomitantemente, atende 234 municípios de São Paulo, o projeto foi responsável pela instalação de uma usina solar fotovoltaica com capacidade de geração de energia de 534 quilowatts-pico (kWp).

Adicionalmente, criaram-se 41 condicionadores de ar ultrapassados por outros mais modernos e melhores, além de ter-se substituído três mil lâmpadas tradicionais pelas de tecnologia LED.

Os investimentos da primeira fase são de R$ 3.2 milhões na primeira fase, sem contar o ganho energético. Essas melhorias no sistema de energia da Unicamp evitarão a emissão de cerca de 100 toneladas de CO2 na atmosfera, o que seria o equivalente de 600 novas árvores terem sido plantadas:

"Nossa relação com a Unicamp é de longa data e a universidade sempre foi parceira das iniciativas de pesquisa da Companhia", Renato Povia, gerente de inovação da CPFL Energia. "Agora, o Campus Sustentável transforma a universidade no coração deste laboratório vivo que desenvolvemos no bairro do entorno."

Para a segunda fase, o Campus Sustentável quer introduzir um ônibus elétrico para realizar trajetos dentro da Universidade, servindo como um caso de estudo em inovação, mobilidade e uso de veículos movidos a eletricidade.

outcome do projeto, em sua íntegra, será visto nos próximos três anos.

O Campus Sustentável é financiado com recursos do Programa de Eficiência Energética da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) e, quando concluído, as descobertas alcançadas pelo estudo serão públicas, consolidando toda a experiência adquirida.

A CPFL Energia investiu, desde 2018, um total de R$ 8.1 milhões no projeto, com um montante que abrange uma série de projetos de Pesquisa & Desenvolvimento (P&D) e Eficiência Energética, de forma a trazer para a universidade tecnologias de geração renovável, eficiência energética e gestão do consumo de energia.

Não só gerando economia, os investimentos contribuirão para tornar a Unicamp referência em eficiência energética, e colaborarão para a expansão da cultura do consumo consciente de energia.

Deixe seu Comentário

Você também pode se interessar

© Ibracam

by nerit