Nosso Blog

Confira nossas novidades!

Veja outros Posts

Veja algumas áreas que utilizam o Geoprocessamento

Veja algumas áreas que utilizam o Geoprocessamento

 

Nos últimos anos observou-se um crescente interesse pela informação geográfica, sendo esta cada vez mais utilizada para diversos fins e domínios de aplicação, em áreas tão distintas como as geociências, economia e gestão, sociologia e saúde, engenharias, planejamento e monitoramento espacial, entre outras. Desse modo, o Geoprocessamento é uma  das ferramentas do SIG (Sistema de informação Geográfica) que realizam análises complexas quando constitui dados de diversas fontes e cria um banco de dados geo-referenciados. O Geoprocessamento tem sido utilizado na realização de tarefas agindo de forma simples e eficaz. Quer saber como funciona esse dispositivo e quais as suas áreas de atuação? 

O que é o sistema de informações Geográficas?

O Sistema de Informações Geográficas (SIG) é um conjunto de sistemas de softwares e hardwares capazes de produzir, armazenar, processar, analisar e representar inúmeras informações sobre o espaço geográfico, tendo como produto mapas temáticos, imagens de satélites, cartas topográficas, gráficos e tabelas. Uma das principais aplicações do SIG é no planejamento e ordenamento territorial, como por exemplo, o planejamento urbano de uma cidade e o planejamento ambiental.

Exemplos de SIG são: Sensoriamento Remoto, GPS e o Geoprocessamento.

O que é o Geoprocessamento?

O Geoprocessamento é área a qual utiliza técnicas matemáticas e computacionais para a coleta e processamento de dados espaciais, que influenciam o trabalho de diversos setores, por exemplo a Cartografia. Esse processo envolve informações coletadas tanto pelo Sensoriamento Remoto quanto pelo GPS.

O Geoprocessamento tem uma enorme utilidade para os trabalhos cartográficos no Brasil, já que o país possui uma vasta dimensão continental e uma enorme carência de informações para tomar decisões adequadas sobre os problemas urbanos, rurais e ambientais.

Àreas que utilizam técnicas de Geoprocessamento.

Com a capacidade tecinca de obter informações geográficas, o Geoprecessamento tem se destacado na realização de diversas tarefas, contribuindo para a soluções de problemas e se tornando uma ferramenta muito eficaz para diversos setores. Dentre as principais áreas que usam o conhceimento em geoprocessamento estão: 

- Cartográfia;

- Análises de Recursos Naturais e hidrícos;

-Planejamento Urbano, Rural e de Energia;

- Mapeamento Temático;

- Diagnostico Ambiental;

- Ordenamento Territorial;

-Avaliação de Impactos ambientais;

-Construção Civil; 

Por que se especializar em Geoprocessamento? 

Não tem como negar que o Geoprocessamentotraz grandes inovações ao mercado de trabalho, auxiliando muito profissionais na tomada de decissões, modernizaram as ferramentas que auxiliam algumas atividades realizadas no meio ambiente e aumentam o desenvolvimento sustentável. Além disso, conhecer e se especializar nessa área pode te tornar um profissional ainda mais atualizado no mercado de trabalho. 

Conhceça nosso curso de Geoprocessamento Básico com ArcGis: Aplicações em Estudos e Projetos Ambientais.

Deixe seu Comentário

Você também pode se interessar

© Ibracam

by nerit