Nosso Blog

Confira nossas novidades!

Veja outros Posts

Veja, em vídeo, como é feito o Mensuramento de Áreas Impactadas pelo Rompimento de Brumadinho com ARCGis

Veja, em vídeo, como é feito o Mensuramento de Áreas Impactadas pelo Rompimento de Brumadinho com ARCGis

Vídeo Disponível em nosso Canal do YouTube Abaixo

O rompimento da estrutura de contenção de resíduos sólidos de Brumadinho, no último dia 25 de janeiro, foi notícia nacional e internacional.

Vindo pouco mais de três anos após o rompimento da barragem em Mariana, também no estado de Minas Gerais, o pós-impacto de Brumadinho está coocando, como o outro, inúmeros ecossistemas e a biodiversidade destes em risco.

Falamos mais sobre isto em nossa entrevista com o Dr. Eduardo Marques (assista aqui), além de discutirmos, ainda, os motivos do rompimento e quais serão os próximos passos a ser tomados com a geotecnologia neste caso específico.

Sem ela, seria impossível mensurar as áreas afetadas, fazer um controle do pré, e pós tragédia, ou até mesmo resgatar fauna, e sobreviventes humanos, do ocorrido. Em novo vídeo, gravado com exclusividade pela Professora Gisele Cruz, do nosso curso de Geoprocessamento Online, mostramos como o acompanhamento da área está acontecendo, tudo com imagens de satélite e via ARCGis.

Dá só uma olhada!

Gravando em captura de tela, Gisele prova, definitivamente, como o emprego do geoprocessamento em desastres, sejam naturais ou influenciados pela atividade humana, é hoje imprescindível no ramo do meio ambiente.

Até o momento, sabe-se que pelo menos 125 hectares de floresta já foram perdidos.

Nos trechos mais afetados, o rio deixou de existir e foi substituído por pura lama, destruindo quase que instantaneamente as espécies que ali viviam. A fauna terrestre é igualmente impacta, uma vez que necessita de água para sobreviver.

É possível que ainda, num futuro não tão distante, milhões de brasileiros tenham sua segurança hídrica comprometida.

Deixe seu Comentário

Você também pode se interessar

© Ibracam

by nerit